Polícia apreende três toneladas de camarão e aplica multa de mais de meio milhão em Bertioga

forsafelogo.png
logo.png
logo_20sindipi0.png
GC_20020.png

Agentes da Polícia Militar Ambiental apreenderam mais de 3 toneladas de camarão sete-barbas e aplicaram uma séries de multas que somadas superam a marca de meio milhão de reais. A operação ocorreu em Bertioga no sábado dia 11, e toda a carga, que foi pescada em área de proteção ambiental, foi apreendida.

Os responsáveis pela embarcação, onde foi realizada a pesca ilegal, responderão em liberdade pelo crime.

Policiais Militares da CIAMAR, a Quinta Companhia de Polícia Militar Ambiental Marítima do 3°BPAmb, durante patrulhamento marítimo pelo município de Bertioga, surpreenderam uma embarcação pesqueira, no interior da APAMLC - Área de Proteção Ambiental Marinha Litoral Centro, setor Guaibe, realizando a prática de arrasto de camarão.

A embarcação de santa Catarina, que já estava sendo monitorada pelo IBAMA a algum tempo, realizava a pesca do crustáceo em local proibido, a menos de uma milha e meia da costa, como prevê a legislação para embarcações deste porte.

O flagrante, que ocorreu na direção da Praia de Itaguaré, resultou na apreensão da embarcação, quatro portas (petrecho utilizado na pesca), duas redes de arrasto, e todo o pescado a bordo, sendo 3.500 quilos de camarão sete-barbas, os quais foram imediatamente doados a diversas instituições beneficentes da baixada santista, após mais de doze horas de uma ação complexa que foi desenvolvida na tarde e noite do dia 10 e perdurou por toda madrugada do dia 11.

Na ocasião foram elaborados quatro Autos de Infração Ambiental por "Pescar em local proibido", em desfavor dos quatro tripulantes a bordo, todos de Itajaí/SC, no valor de R$ 141.400,00 cada, totalizando R$ 565.600,00 em multas e responderão em liberdade pelo crime ambiental.

AC2 Produção, Comunicação & Marketing