Buscar

Reivindicações do setor pesqueiro de Itajaí e região são mais uma vez levadas a Alesc


Na ordem da foto: Coordenador Técnico SINDIPI, Luis Carlos Matsuda, gerente do SINDIPI, Mirian Cella, presidente do Sitrapesca, Henrique Pereira, presidente do SINDIPI, Jorge Neves, deputado estadual de Santa Catarina, Ivan Naatz, secretário parlamentar, Luiz Américo Pereira, comentarista e editor aqui do portal Setor Pesqueiro e Náutico em Pauta, Antônio Carlos Corrêa.


O presidente do SINDIPI, Jorge Neves, recebeu a visita do deputado estadual de Santa Catarina, Ivan Naatz. Também estavam presentes na ocasião, o presidente do Sitrapesca, Henrique Pereira, a gerente do SINDIPI, Mirian Cella, o oceanógrafo da Coordenadoria Técnica, Luis Carlos Matsuda, o secretário parlamentar, Luiz Américo Pereira. e nosso comentarista e editor aqui do portal Setor Pesqueiro e Náutico em Pauta, Antônio Carlos Corrêa.

Na ocasião, tratou-se do encaminhamento de diversos pleitos da categoria, principalmente com relação a demanda de cursos para formação de pescadores. A estimativa das entidades é a de que o setor pesqueiro necessite por volta de mil profissionais da pesca habilitados para exercerem funções de mestres, motoristas e pescadores (profissional e especializado).

Jorge e Henrique reivindicam o apoio de parlamentares catarinenses para que algumas normas internas da Marinha, possam ser revistas e adequadas para a realidade que o setor enfrenta há algum tempo, como a necessidade de maior oferta de cursos e vagas, priorizando quem já desenvolve a atividade e com aceite da formação escolar que eles possuem, além da flexibilização das cargas horárias destes cursos para melhor adequação da atividade pesqueira. O SINDIPI e o SITRAPESCA veem recebendo parlamentares de todos os partidos e ideologias, buscando sempre o melhor gerenciamento do setor.