Buscar

“Programa Bandeira Azul”: Limpeza dos Mares recupera criadouro natural de peixes na Ilha das Galés

Em 2016 o projeto Limpeza dos Mares esteve na Ilha das Galés, na Reserva Biológica do Arvoredo (SC), para retirar o lixo jogado irresponsavelmente no mar e nas proximidades do ‘Navio Lili’, um cargueiro afundado há séculos encontrado envolvido em redes de pesca e sem indícios de vida marinha no entorno. Na época, houve um complexo trabalho para remoção do material e, cinco anos depois, a embarcação voltou a ser um criadouro natural de peixes.


A visita de verificação, no último sábado (27), levou 40 mergulhadores voluntários acompanhados por técnicos do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) ao local. “Os resultados não poderiam ter sido melhores e mais surpreendentes.


Encontrar um lugar no qual a vida marinha era inexistente com uma biodiversidade tão grande é a prova concreta da eficácia das nossas ações”, comemora Michele Castilho, diretora da Associação Náutica Brasileira (ACATMAR).


O projeto Limpeza dos Mares é uma realização da ACATMAR e ACQUANAUTA Floripa “Estamos cada vez mais no caminho certo, cientes de que se cada um fizer a sua parte o resultado aparece. Acreditamos e queremos ser a semente para prosperar os frutos que virão”, reitera Michele.



Etapa em São Francisco do Sul

A próxima etapa no litoral catarinense será em São Francisco do Sul, dia 11 de dezembro, durante a abertura do ‘Verão 2021/2022’, com ações simultâneas na Praia da Enseada e no Rio Acaraí. As inscrições de voluntários, ‘tartaruga’, ‘golfinho’ e ‘estrela-do-mar’ estão abertas no site www.limpezadosmares.com


O apoio ao projeto é da Polícia Militar Ambiental de SC, Capitania dos Portos de SC, ICMBio, Companhia da Praia, Medilona, P & P Polímeros, Floripa Eco Sacolas Ecológicas, Iate Clube Veleiros da Ilha, Paulista Balões e Infláveis, Plastkolor e o Programa Bandeira Azul.