Buscar

PLANTA É PLANTA, PEIXE É PEIXE

Não compre planta por peixe! O presidente da ABIPESCA, Eduardo Lobo, fala sobre a necessidade de mudança na rotulagem dos produtos classificados como plant based. "Muitas entidades têm pedido a regulamentação desses produtos de plant based, para que eles não utilizem o nome da proteína animal natural, a fim de que o consumidor tenha a opção de escolher de maneira que não se confunda.", afirma o presidente.


Assista o vídeo:


Os produtos ultraprocessados são aqueles feitos com vários ingredientes - geralmente sal, açúcar, óleos e gorduras - e com a adição de substâncias sintetizadas e de uso exclusivamente industrial, além de aditivos utilizados para preservar ou conservar, e para modificar cor, cheiro, sabor, e a textura do produto final.


Entenda aqui: https://www.abipesca.com.br/100porcentopeixe

A decisão de um indivíduo por consumir apenas vegetais ao invés de proteína animal é uma opção pessoal, e deve ser respeitada. Porém, a entidade manifesta sua preocupação com a possível indução ao engano do consumidor no que diz respeito às nomenclaturas, tendo em vista que a composição nutricional desses produtos são completamente diferentes.

Planta é planta, peixe é peixe.