top of page
Buscar

CENTRO DE COMERCIALIZAÇÃO DE PESCADOS DO JABOATÃO DARÁ MAIS AUTONOMIA AOS PESCADORES ARTESANAIS


A iniciativa beneficiará cerca de 800 pescadores artesanais que necessitavam de um espaço com infraestrutura apropriada para escoar sua produção, aprimorando a capacidade de constituição, formalização e gestão deste empreendimento coletivo da pesca artesanal.


Pescadores e pescadoras artesanais associados à Colônia de Pescadores Z-25, do Jaboatão dos Guararapes contam agora com um Centro de Comercialização de Pescados, em Piedade. A inauguração do novo espaço aconteceu nesta sexta-feira (10), com a presença do ministro da Pesca e Aquicultura, André de Paula, do prefeito Mano Medeiros, da coordenadora geral de projetos do Ministério do Trabalho e Emprego, Vanderlúcia Oliveira, do capitão de fragata, Evandro Rocha, da Capitania dos Portos de Pernambuco, gestores públicos, vereadores e trabalhadores da pesca artesanal.

O novo centro faz parte de uma das etapas do Convênio Jaboatão Gerando Renda Solidária, estabelecido entre o município e o Ministério do Trabalho e Emprego, com recursos no valor de R$ 320 mil. O espaço físico foi equipado com freezers horizontais, filetadeira, seladora a vácuo, geladeira, balança industrial, expositores, picador de carnes, entre outros utensílios. Aproximadamente 800 pescadores e pescadoras artesanais serão beneficiados com esse novo equipamento.


O ministro André de Paula enfatizou mais essa conquista dos pescadores e pescadoras artesanais.

“É um momento de vocês celebrarem mais essa importante aquisição. O Governo Federal tem defendido os direitos dos pescadores artesanais, para que eles sejam cada vez mais valorizados. Desejo sucesso a vocês e vamos em frente”, afirmou o ministro.


Mano Medeiros destacou que o novo Centro de Comercialização de Pescados do Jaboatão irá aumentar a capacidade produtiva e escoamento da produção da Colônia Z-25.

“Esse é um dia muito feliz para a gestão municipal com a entrega desse novo equipamento, em Piedade. O Centro de pescados possui novas instalações que vão garantir uma maior autonomia aos pescadores e fortalecer a economia local e geração de renda”, declarou o prefeito.


O presidente da Colônia de Pescadores Z-25, conhecido por Tubarão, estava visivelmente emocionado e comemorou a inauguração do espaço.

“É muito importante termos um local onde poderemos comercializar nossos produtos sem a interferência de atravessadores. Ou seja, a produção de pescados terá mais valor agregado e, consequentemente um lucro maior para os pescadores artesanais”, falou Tubarão.


O pescador Ednaldo José dos Santos estava empolgado com os benefícios que o Centro de pescados irá trazer para a categoria.

“Vai ficar 100% melhor sem dúvida, pois irá nos ajudar a escoar a produção e na venda dos peixes. A prefeitura está de parabéns por mais essa ação”, disse Ednaldo.


PROFISSIONALIZAÇÃO


Os pescadores artesanais também irão participar de um curso profissional, por meio de uma parceria entre a Prefeitura do Jaboatão e a Capitania dos Portos de Pernambuco.

Formação de Aquaviários – pescador profissional Nível 1


A habilitação do curso será emitida pela Capitania dos Portos, que irá ministrar o curso no período de 27 de novembro a 13 de dezembro. Os interessados em participar desta capacitação devem se dirigir à Colônia de Pescadores Z-25, em Piedade.



Comments


bottom of page