Buscar

Casal dá volta ao mundo em veleiro e tem bebê durante a viagem

Luna é a nova tripulante da embarcação e irmã de Ian, que vive no veleiro desde um ano de idade


A aventura do casal de Itajaí Lorena Kreuger, de 36 anos, e Zac Watson, 38, que estão fazendo a volta ao mundo num veleiro desde 2019, ganhou mais uma tripulante a bordo. A pequena Luna nasceu e fará companhia para o primeiro filho do casal, Ian, que vive no veleiro desde o primeiro ano de idade.


O casal relatou a chegada de Luna pelo perfil @sv.ventura no Instagram, que serve como diário de bordo da viagem. A menina nasceu de parto domiciliar, feito por uma enfermeira numa casa perto do local onde o veleiro Ventura está parado, na baía Prickly, em Granada, país que fica no mar do Caribe


Lorena, Zac e Ian estavam em terra, se preparando pra receber a nova integrante da família. Eles vão ficar na casa durante as primeiras semanas do bebê. A chegada de Luna, duas semanas e meia antes do prazo, causou correria para o casal.


“Tivemos o privilégio de encontrar a enfermeira Marguerite disponível para nos atender, enquanto o caos tomava conta do hospital. Tivemos a sorte de conseguir antecipar a reserva da casa e de ter a liberação para o procedimento acontecer nela. Em meio a tudo isso, contei com a força do pensamento positivo de que ia dar tudo certo”, postou Lorena.


Ela contou que a menina quase nasceu antes de a parteira chegar. “Agilizada, saiu como um torpedo, com a ajuda das manobras de mestre da enfermeira Marguerite.

Preferiu ser virginiana para se juntar ao trio terra aqui, pulando do verão para o outono no hemisfério norte”, relatou.

O nome da bebê é inspirado na lua cheia no dia do nascimento. “Esse é o lado bom de não ter nome antes de nascer, assim temos a chance de celebrar o acontecimento do dia do nascimento. No dia 19/09/2021, o Ian foi dormir filho único e acordou com uma irmã no quarto. Ele sempre soube que era menina”.


Lorena é neta e filha de navegadores, cuja família foi fundadora do estaleiro Kalmar, em Itajaí. Ela conheceu o Zac, norte-americano, durante uma travessia de Natal (RN) até Trindade e Tobago, no Caribe, em 2014. Os dois se casaram em Itajaí, onde começaram a planejar a viagem de volta ao mundo, iniciada em março de 2019, após pequenas travessias pela costa catarinense. A pandemia interrompeu a viagem, no ano passado, diante do fechamento das fronteiras, mas a aventura vai seguir sem prazo pra terminar.


O veleiro, Ventura, de 38 pés, em que a Lorena e a família estão navegando, foi encomendado ao estaleiro Kalmar, do pai de Lorena, pelo empresário e engenheiro florestal Vandir Weidle dono do ferry boat , que faz a ligação fluvial entre Itajaí e Navagente SC, Diogo Weidle, filho de Vandir, conta que o pai construiu o barco para dar a volta ao mundo.

Em 2016, aos 74 anos, ele faleceu vítima de um câncer que tirou a vida em menos de dois meses. O barco acabou sendo vendido para Lorena. “Ele foi construindo todo reforçado para dar a volta ao mundo. Desde o início, foi um barco projetado e feito para isso. Acabou não dando a volta ao mundo com o meu pai, mas, graças a Deus, está realizando este sonho, com a família da Lorena e está sendo fantástico”, contou Diogo.