Buscar

Gestão desastrosa da pandemia deixa rastros no mercado de Salmão.

Um dos maiores criadores de salmão em terra informou ao mercado de ações que está realizando uma colheita controlada de 100.000 peixes com pesos abaixo do ideal em sua instalação na Florida, Bluehouse, por causa da escassez de oxigênio liquido.


O criador de salmão em terra Atlantic Sapphire está realizando uma colheita controlada de 100.000 peixes com pesos abaixo do ideal em suas instalações na Flórida por causa do que diz ser uma demanda sem precedentes por oxigênio líquido relacionada a um aumento nos casos de Covid-19 no estado.


Em relatório sobre seu desempenho no primeiro semestre de 2021, Atlantic Sapphire declarou:


“Na data deste relatório, as entregas de oxigênio na Flórida eram extremamente demandadas por clientes de saúde e segurança pública”.


“O fornecimento limitado de oxigênio nos EUA, restringiu nossa capacidade de resfriamento dos tanques e fornecimento de oxigênio aos peixes Em última análise, as consequências e o cronograma do Coronavirus ainda não estão claros e o efeito geral sobre os negócios é incerto. ” declarou o chefe da Atlantic Sapphire, Johan Andreassen.


“O maior custo é que não estamos produzindo biomassa”, disse Andreassen, e que a situação do oxigênio continuará a ser monitorada de perto.

Ele acrescentou que a Atlantic Sapphire tinha a opção de resfriar os tanques de peixes abaixo de 10 ° C para interromper o crescimento.


Questionado sobre quanto custa resfriar a água e fornecer oxigênio para os peixes, ele disse: “Esperamos que a eletricidade seja de 8 quilowatts-hora (kWh) para cada quilo de salmão”. Ele acrescentou que a eletricidade na Flórida custa cerca de 7 a 8 centavos de dólar por kWh, enquanto os custos de oxigênio ficam entre 10-20 centavos por quilo.


De acordo com um relatório do jornal online Independent, do Reino Unido , mais pessoas estão doentes com Covid-19 na Flórida agora do que em qualquer outro momento durante a pandemia. Uma média de 227 pessoas morrem todos os dias de Covid-19, com uma média de 22.000 casos em sete dias. Para efeito de comparação, a média de sete dias em Nova York - que já foi o epicentro do vírus - é 1.800.

O governador republicano da Flórida, Ron DeSantis, descrito pela Vanity Fair como o “Anjo da Morte”, deixou claro que recusaria virtualmente qualquer esforço de mitigação ou restrição se isso interferisse no comércio.